Especialização conducente ao Mestrado

Mestrado em Educação para Saúde – Cabo Verde

Instituição Parceira
Universidade de Mindelo - Cabo Verde
Unidades
Barreiras - BA, Garanhuns - PE, Juiz de Fora - MG, Maceió - AL, Salvador - BA, São Luís - MA, Sete Lagoas - MG
Apresentação
Objetivos
Matriz
Investimento
Metodologia

A promoção da saúde passou a constar da agenda política desde os anos 80 do séc. XX, na lógica de que aquela contempla não só a ausência de doença, mas um amplo estado de bem-estar físico, psíquico e social do indivíduo e das sociedades. Aliás, esta perspectiva holística da saúde tem vindo a ser defendida e reconhecida pela OMS como fundamental (OMS, 1986; OMS; 2002; WHO, 2001).

O constante apelo dos media à associação de padrões de moda aos estatutos sociais, induz crianças, jovens adolescentes e mesmo pessoas adultas, à “transgressão” e ao “supérfluo”, com nocivo impacto na saúde dos indivíduos e na própria economia das famílias. Todas estas preocupações albergam uma lógica de promoção da saúde para todos, ao longo da vida. Vida, onde abundam riscos, estilos de vida pouco saudáveis, déficit de cultura científica, fracas competências para o exercício de uma cidadania responsável e mesmo alguma dificuldade de identificação e promoção de alternativas possíveis.

A Educação para a Saúde torna-se, assim, um imperativo a concretizar, desde cedo, mediante a implementação de estratégias com repercussão objetiva no quotidiano de cada um, de modo a que a escola/local de trabalho cumpra a missão de contribuir para o desenvolvimento de competências para a vida, de ordem pessoal, interpessoal, cognitiva e física, promovendo nos indivíduos a capacidade de enfrentar desafios e de alterar alguns comportamentos e modos de vida.

Neste contexto, ancorado nas oportunidades existentes e na necessidade de qualificar os profissionais de Educação e de Saúde, apresenta-se o Ciclo de Seminários para especialização em Educação para a Saúde, que tem por finalidade o desenvolvimento de competências necessárias à implementação de práticas profissionais inovadoras de planejamento e intervenção dos domínios da Educação para a Saúde, destinadas a ocupar um espaço de procura de serviços diferenciados e de qualidade, junto de instituições que desenvolvam a sua ação em contextos diversificados (empresas, escolas, creches, jardins de infância, lares de terceira idade, centros de dia, instituições de apoio social e populações vulneráveis, centros educativos, estabelecimentos prisionais, centros de saúde, centros de reabilitação, hospitais, etc.).

As competências a desenvolver nesta formação de especialização, permitem desenvolver e aprofundar conhecimentos e práticas obtidas ao longo de formações anteriores quer no domínio da educação, quer no domínio da saúde.

Público Alvo

Graduados em Medicina, Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, e demais áreas da saúde.

O ciclo de Seminários em Educação para a Saúde visa promoção de competências de intervenção em Educação para a Saúde, na população em geral (e não apenas em grupos de risco) a nível das escolas, dos locais de trabalho, dos centros de reabilitação, lares de terceira idade, autarquias, entre outros. Promover a saúde pressupõe um conceito alargado que integre os aspetos físicos, mentais, mas também sociais e ambientais (ajustamento ao ambiente e sua preservação). Assim sendo, os pilares base da formação integrarão o estudo das variáveis que podem promover a saúde e o bem-estar, tais como: a alimentação, o exercício físico, a sexualidade, a cidadania ambiental, a segurança no local de trabalho e em espaços de lazer, a segurança rodoviária, etc. e a reflexão sobre a atuação na prevenção de comportamentos de risco, através da prevenção do alcoolismo, do tabagismo, da toxicodependência e outras dependências, mas, também, da infecção do vírus da VIH/Sida e de outras DST’s.

Nesta especialização, fomenta-se a construção e/ou o aprofundamento de conhecimentos em matérias relativas à saúde e a outras áreas, de forma a sustentar a sua aplicação integrada em contextos alargados e multidisciplinares, e simultaneamente garantir bases para uma capacidade de organização individual do processo de aprendizagem autônomo e contínuo.

Assim, o ciclo de Seminários em Educação para a Saúde poderá conferir uma especialização que permita:

  1. Aprofundar conhecimentos e desenvolver capacidades de compreensão, obtidos em formações anteriores;
  2. Aplicar saberes e promover a resolução de problemas em situações novas e não familiares, em contextos alargados e multidisciplinares;
  3. Construir uma base de desenvolvimento e/ou aplicações originais dos saberes e competências no domínio da intervenção, interligando o desenvolvimento de práticas de qualidade com a adoção de uma atitude de análise crítica e investigativa;
  4. Integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver soluções em situações de informação limitada ou incompleta, incluindo reflexões sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais que delas resultem;

Desenvolver competências que permitam uma aprendizagem ao longo da vida, de um modo fundamentalmente auto-orientado ou autônomo.

Disciplina Carga Horária
Estratégias de Intervenção em Educação para a Saúde 20 + 30
Resiliência e Promoção da Qualidade de Vida 20 + 30
Promoção e Cidadania Ambiental 20 + 30
Dependências e Sociedade 20 + 30
Terapias Expressivas 20 + 30
Políticas de Saúde Públicas 20 + 30
Metodologia de Investigação Científica 20 + 30
Promoção da Saúde Ocupacional 20 + 30
Gestão do Stress, Comportamento e Saúde 20 + 30
Saúde Sexual e Sexualidade 20 + 30
Corporalidade e Saúde 20 + 30
Práticas de Pesquisa 30
TCC 60
Dissertação de Mestrado 530

O custo por aluno inerente à formação total do mesmo, isto é, englobando os Seminários realizados no Brasil, excluindo o custo referentes à viagens, hospedagens e alimentação dos mesmos, quer na fase de atividades de formação quer na defesa individual da Dissertação em Cabo Verde, excluindo também as taxas acadêmicas referentes à emissão de diplomas de Mestrado, taxas consulares e taxas de Candidaturas.

Investimento Valor
Inscrição Gratuita*
Matrícula R$ 544,50* R$ 990,00
14 x referente 1ª etapa R$ 544,50* R$ 990,00
Apostilamento R$ 500,00
18 x referente 2ª etapa R$ 544,50* R$ 990,00

*Válido somente para os alunos matriculados no mês de janeiro/2020.

O valor corresponde à matrícula no valor de R$ 544,50* R$ 990,00  e 14 mensalidades de R$ 544,50* R$ 990,00 afetas à parte de Seminários organizados no Brasil e no exterior, bem como 18 mensalidades de R$ 544,50* R$ 990,00 referentes ao Mestrado propriamente dito, isto é, pesquisa e elaboração de Dissertação em Cabo Verde, estando incluído o custo do trabalho do Orientador, que será designado individualmente para cada aluno e que o acompanhará na elaboração da sua dissertação e na defesa do mesmo em Cabo Verde.

Como funciona?

O projeto do curso é dividido em duas partes:

Primeira parte

A primeira parte que corresponde a Especialização, a ser realizada no Brasil e no exterior (Cabo Verde) é constituída por um conjunto de 11 seminários básicos, cada um com 20 horas e 30 horas de trabalho extra (pesquisa e elaboração de trabalho referente a cada módulo), intercalados com 3 seminários acessórios de 10 horas cada que serão realizados uma vez por mês nos meses em que não sejam realizados os seminários básicos.

Segunda parte

Após a conclusão do Curso de Especialização em Educação para a Saúde conducente a Mestrado em Educação para a Saúde a realizar no Brasil e no exterior (Cabo Verde), o aluno será matriculado na Instituição de Ensino Superior e será nomeado um orientador que será o tutor do aluno e o ajudará na realização da sua Dissertação de mestrado a qual deverá concluir no prazo de 12 meses. Atempadamente o aluno receberá a marcação da data e hora da defesa da sua dissertação de Mestrado no exterior que será publicada no diário oficial do país.

Obtido o grau de Mestre o seu diploma passará pelo Cartório e na Procuradoria Geral do País onde será Apostilado, ficando assim conforme as normas em vigor em condições de produzir efeitos legais no Brasil.

Material Didático


Aulas presenciais/online*


Vídeos aulas**


Material didático interativo**

*O aluno pode assistir aula de forma presencial na unidade ou acompanhar ao vivo via portal do aluno.
**Acesso pelo portal do aluno.

Normas pedagógicas e de avaliação

No Curso de Especialização conducente ao Mestrado no exterior, serão aplicadas as normas relativas aos cursos de Lato sensu praticados no Brasil.

Relativamente ao Mestrado a realizar no exterior, nomeadamente elaboração da dissertação, regras de elaboração, organização de bancas e defesa das mesmas, classificação dos alunos, serão aplicadas as normas em vigor no Sistema de Ensino Superior Publico existente em Portugal de acordo com os artigos 20º ao 26º o Decreto-Lei 74/2006 publicado a 24 de Março de 2006 no Diário Oficial da Republica Portuguesa ou as Leis vigentes em Cabo Verde

Duração do Curso

A especialização conducente ao Mestrado em Administração Pública tem duração de até 32 meses, divididos da seguinte forma:

  1. O curso de pós-graduação Lato Sensu (ESPECIALIZAÇÃO), referente a primeira parte do curso, tem a duração de 14 meses, constituído por um conjunto de 11 seminários básicos e 3 seminários acessórios.
  2. A segunda parte do curso referente ao MESTRADO Stricto Sensu, tem a duração de 12 meses, podendo ser solicitado extensão por mais 6 meses.

Certificado

Ao final da primeira parte do curso, o aluno receberá um certificado de especialista emitido por uma IES Brasileira. Após a defesa da dissertação de mestrado, desenvolvida durante a segunda etapa, o aluno receberá o diploma de Mestrado emitido pela instituição cabo-verdiana parceira.

Dúvidas? Vamos conversar